terça-feira, março 25, 2008

Amar-te como o mar

Amar-te como o mar ama.
Mergulhar
na vida sem sentido
e nadar como um perdido
na chama de teu olhar.

Demorei-me na areia
como as ondas de um mar remoto.
Olhei-me na lua
e tua voz, crua, cruel,
acorda-me para uma realidade que não queria.

Acorda, insano romântico!
Não vez que não há ouvidos
para teu cântico?!

Não sentes que tua voz se perdeu
e o que ouves é eco
de um amor que morreu?!

5 comentários:

nina disse...

a beleza está aí...no mar das tuas palavras, que tocam e não deixam sem sentido o valor do amor!

beijos

O Meu Mundo disse...

Amei! :)*

Sininho disse...

O mar é simbolo de mistério e de esperança, de novas buscas e encontros.. simbolo de novas conquistas..

Amei o poema, 5 estrelas.. continua

A Grafonola disse...

possa...é lindo =)

Papoila disse...

Será que o amor morreu ou estará adormecido????

Bonitas as tuas palavras ... sempre
BF