quarta-feira, abril 16, 2008

especiarias de sentimentos..

Minha vida é um caril de sentimentos
um chá de momentos,
uma tarde quente, de brisa fria,
embalada na falésia de uma vida vazia.

Misturo em mim todos os condimentos,
e sou canela, açafrão,
cardamomo, manjericão,
curcuma, pimenta, jasmim,
um cocktail de sonhos numa noite sem fim.

Sou as especiaria de tempos idos,
sulco as ondas como uma caravela no Índico,
e as esperanças que trago comigo,
são o ouro dos amantes,
as noites regadas de suor,
os instantes breves de amor,
as memórias de tempos antigos.

Sou tudo isto por ti, amor que desconheço,
e estou assim aqui
à espero do teu regresso.

6 comentários:

O Meu Mundo disse...

Já tava com sdds dos teus versos! Lindo! =D

Nina disse...

Sempre que "te leio" lembro Pessoa...e nestes teus poemas, misturas os cheiros e sabores, numa combinação perfeita de sentimentos! Gostei muito...Mil beijinhos.

ana disse...

Adorei esta mistura de especiarias!

Um abraço

Ana

100 remos disse...

Hummmmmmmmmmmmmmmmm! Caril! Há uma frase engraçada sobre caril e amor num episódio do HOUSE:

Stacy: "Our relationship is like an addiction. It's like..."
House: "Really good drugs?"
Stacy: "No, it's like: vindaloo curry."
House: "Ok, sure—"
Stacy: "Really, really hot Indian curry they make with red chilli peppers."
House: "I know what it is! Didn't think it was addictive."
Stacy: "You're abrasive and annoying and come on way too strong, like... vindaloo curry. When you're crazy about curry, that's fine but no matter how much you love curry, you have too much of it, it takes the roof of your mouth off. And then you never want to see curry for a really, really long time but you wake up one day and you think... god I really miss curry.

GPS disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
A Grafonola disse...

POxa, lindo lindo lindo adorei adorei...qq dia tens de começar a musicar isto...tens mesmo...