segunda-feira, maio 05, 2008

ontem

Ontem deitei-me só, mas acordei a teu lado.
Vieste de noite e,
sem pedir licença,
invadiste minh'alma,
meu ser
minha vida.

Vai embora
agora,
porque por ti,
em mim,
só há despedida!

3 comentários:

O Meu Mundo disse...

Simples e directo :D

A Grafonola disse...

mas onde há despedidas, há reencontros.

100 remos disse...

Ontem foi hoje.