quarta-feira, dezembro 19, 2007

Sei

Sei que não sou como gostaria
Sei que me arrasto e me deixo arrastar
ao longo das horas dos assim intermináveis dias.
Sei que não és!
Sei que nunca serás.
Sei que já é tempo de deixar o passado,
de olhar para a frente e não para trás.
Sei que hoje tenho a vontade que não tinha
e sei,
juro que sei,
que a verdade era que não queria ter...

Mas, apesar da noite ainda repleta de sonhos em ti,
decidi o que já tantas vezes decidi....
que aquilo que, por vezes, parece ser um gigante a defrontar,
um tsunami a desafiar,
já nada vale...

Não sou David, não surfista...
Sou apenas um poeta,
um semi-poeta, como um semi-deus.
E sei
que um dia a hei-de encontrar
e ela far-me-á sorrir sem que eu saiba porquê.
E aí, aí sim, saberei o que é o amor.

4 comentários:

O Meu Mundo disse...

A parte final fez-me lembrar o meu ultimo post...Um dia... ;)

Sininho disse...

"e sei..
..sei que um dia ela virá..
.. e em seus braços encontrarás a paz, o amor e a compreensao que tens buscado, e aí..
..aí te reconciliarás com o amor e ele contigo..
.. e a vida te trará..
..oh sim ela te trará toda a felicidade que ficou pendente todo este tempo.. há espera que um dia..
.. um dia.. não tu.. mas o teu coração voltasse a sorrir!"

Um Beijão

poeta_poente disse...

sininho, os teus comentarios so me dão vontade de bater as palmas para que haja cada vez mais fadas... obrigado

O meu mundo... faço parte dele e tu do meu, haverá coisa melhor?

Vanadis disse...

Certo.Aí sim, saberás. Prometo. =)