segunda-feira, junho 25, 2007

Hoje

O dia nasceu encoberto.
A minha voz embargada pelas lágrimas de sempre
tentava, em vão, gritar.
Hoje, não quis abrir a janela da vida...
Deixei-me ficar no escuro dos pensamentos.
Antecipei a dor que vou sentir e
deixei-me envolver por recordações de ser sempre o Ausente.

Hoje sinto-me ausente de ti.
Os pesadelos voltaram e,
não te amei ao acordar.
Acordei a recordar quem outrora fui.

Quando foi que morri em mim?

Porque é que ninguém me avisou da hora do funeral?

Quem sou?
Onde estou?
Alguém que me encontre....

3 comentários:

Matchbox30 disse...

Não sejas tão negativo...
Sabes, "it can't rain all the time"...
É isso mesmo que ouviste, não pode chover para sempre...
São só duas semanas!

Vanadis disse...

São só duas semanas! :-)

poeta_poente disse...

acho que este post não foi compreendido....