segunda-feira, outubro 29, 2007

Esta noite

Que esta noite em meu leito
actuem as forças das antigas alquimias
que se façam em mim bruxedos, magias,
que me saia do peito, que me saia eu próprio,
seja emulsão
seja emulsionante
e acabe de vez com esta sensação de viver etérea
que é não ser nada do que estava à espera.

Quero adormecer eu,
quero acordar éter...
e minh' alma abalar livre (finalmente) pelo céu,
e meu corpo abrace finalmente Demeter.

4 comentários:

Vanadis disse...

Moço, vê lá a tu'alma na se engane no caminho e em vez de ir pró regaço de Demeter acabe no regaço de Perséfones, com Hades à espera da vez... ;-p

Rapaz...isso é de andares a dormir pouquinho. Essa cabecinha é pior que a de um estrogénio-mor, pensa e re-pensa a uma velocidade estonteantemente assustadora...

poeta_poente disse...

Perséfone era filha de Demeter, que é a deusa associada à terra, à morte e ressurreição... analisa de novo...

Vanadis disse...

pois, mas persefone foi rapitada pelo hades. analisa de novo o meu comment. ;-p

poeta_poente disse...

Mas Hades fez um acordo com Zeus, passava meio ano com ele e meio ano com Demeter sua mãe. Verão/Inverno... Alegria/Tristeza... eu....