domingo, outubro 28, 2007

vai....

Vai...
Deixa-me em paz nas noites de insónia...
Sai de vez de meu coração!
Quero sair desta tempestade de areia que me obrigas a atravessar depois de ter percorrido todo o deserto que foi amar-te...
Vai...
Deixa o sol brilhar...
Acho que mereço ao menos um regato de água, já não peço um oásis...
Vai...
Rende a guarda,
baixa a minha bandeira que em ti foi sempre a meia haste.
Muda a minha vida simplesmente indo....

2 comentários:

Vanadis disse...

Ou muda tu, deixando-a ir. =)

ana disse...

Faço minhas as palavras da Vanadis...