domingo, novembro 04, 2007

mais uma vez a sonhar...

A sensibilidade do toque
A sensatez do olhar
A febre da ânsia de chegar...
o amor
o amar
o corpo
a mente
tudo... num só!
Desaguo na foz do teu olhar
e deixo-me escorrer pelo teu rosto
até morrer num abraço molhado em teus lábios...

5 comentários:

ana disse...

Está lindo! Fez-me arrepiar!

Identifico-me tanto com este poema...

Sonhar acordada...

Nunca pares de escrever!

Beijos

Vanadis disse...

Tá binito, sim, apesar de o das fadas me ter tocado mais fundo no coração. =)

É como a Ana diz, nunca pares de escrever. Nem de sonhar.

RC disse...

Rio ou mar?

Gata Verde disse...

Não andes sempre a sonhar senão deixas de viver!

Beijos

Vanadis disse...

Pois gata, isso andamos nós a dizer-lhe há séculos! =) Viste poeta???? Toca a viver o que sonhas!!!!