domingo, maio 03, 2009

Mãe há só uma

A professora mandou fazer uma composição para o dia seguinte sobre o tema:

'Mãe, há só uma'.

No outro dia a professora mandou o Joãozinho ler a dele;

- Quando eu era mais pequeno, fui passear com a minha mãe e então ela parou

para ver uma montra e eu comecei a atravessar a estrada. Veio um carro e quando

estava quase a ser atropelado, a minha mãe salvou-me. Mãe, há só uma.

- Muito bem Joãozinho. Agora podes ser tu Manuelinho.

- A semana passada fui com os meus pais à praia e fui tomar banho ao mar.

Veio uma onda e arrastou-me. Quando estava quase a ser levado, aparece

a minha mãe e salvou-me.

Mãe, há só uma.

- Muito lindo Manuelinho. Lê agora a tua, Zézinho.

- Ontem ao jantar a minha mãe mandou-me ir ao frigorífico buscar duas cervejas, eu fui lá, abri o frigorífico

e tive que dizer:

'Mãe, há só uma'.

Sei que não é nova, mas neste dia especial, apeteceu-me ser eu próprio, ser como a minha mãe me ensinou a ser. Brincalhão. Levar a vida a sorrir porque, como diz aquele célebre frase, não leves a vida demasiado a sério pois nunca sairás dela vivo.
Um bom dia da mãe mãe.

4 comentários:

Eu Mesma! disse...

Bom domingo!

A Gata Christie disse...

Já conhecia, mas é daquelas que vale a pena a reler porque provoca sempre um sorriso!

Quanto à música, sim lembro-me perfeitamente dela. But sometimes it's really difficult to listen to our heart...

Fire Wife disse...

Ah, Ah, Ah. ;-) Eu não conhecia. Tá fixe. Beijinhos

Vani disse...

Não levar a vida demasiado a sério??...acho que estava na casa de banho qd se decretou que isso era possivel...