quarta-feira, maio 06, 2009

Pormenores one

- A saudade devora, como diz a música.
- Essa música é um bocado pimba não achas?
- Os sentimentos, por vezes, parecem pimbas, ou pelo menos a forma de os expressar, não deixando de ser menos importantes por isso.
- Talvez tenhas razão...
- Amor é sempre amor, seja onde for.
- Rimaste...
- Pois foi. Mas eu sei que sou amada.
- Como sabes?
- Pelo teu sorriso sempre que chego perto de ti e pelo que ele me faz sentir.
- O que te faz sentir?
- Que sou a mulher com mais sorte do mundo, em seis biliões de pessoas encontrei-te...
- Fizeste-me lembrar a música da Katie Melua, Nine million bicycles.
- That's a fact...
- Like the fact that will love till I die.
- Sabes, às vezes penso que vivemos num sonho, do qual não quero acordar nunca.
- Amor, este sonho fomos nós que o construimos. Vive em nós e viverá enquanto nos quisermos.
- Eu sei, sei bem que o querer é a força de tudo, mas...
- Mas?
- Tenho tanto medo de te perder, e tanto medo de te ter.
- Eu sei amor, eu sei... também o sinto.

(continua)

6 comentários:

Sayuri disse...

Então e o sem Ti(r)??

Christiana disse...

hoje apetecia-me um destes diálogos... e ter como certo um "Pelo teu sorriso sempre que chego perto de ti e pelo que ele me faz sentir"...

harmonioso... perfeito, anseio pela continuação!

beijinho, alma amiga*

Christiana disse...

p.s.- e este foi sem medos ;)

abraço apertadinho*

Eu Mesma! disse...

andamos apaixonados?????

Seline disse...

Doçura e ternura de mãos dadas com o amor.
O medo da perda... surge porque por vezes achamos que não merecemos esse alguém tão especial que deu novo sentido às nossas vidas. Aproveitemos cada instante... sem medos :)
Aguardando a continuação
Beijo

Hermione disse...

bonito *