domingo, fevereiro 08, 2009

"Kate and Leopold"

Kate: I'm not very good with men.

Leopold: Perhaps you haven't found the right one.

Kate: Maybe. Or, uh... maybe that whole love thing is just a grown-up version of Santa Claus; just a myth we've been fed since childhood. So, we keep buying magazines, joining clubs, and doing therapy and watching movies with hit pop songs played over love montages all in a pathetic attempt to explain why our love Santa keeps getting caught in the chimney.

E o filme devia ter terminado por aqui. Não seria filme, seria vida real...

9 comentários:

Ianita disse...

Discordo. Dircordo em número e grau... completa e totalmente!!

:)

Lita disse...

Então, para que é que ias ver um filme,se não fosse um filme? :)
Eu adorei a forma como acabou, é um filme maravilhoso, romantico e mágico!!!
Boa escolha...
:)

Mel disse...

E teria perdido a graça toda.

Hermes disse...

IANITA:

Às vezes já não sei se ela não terá razão...

LITA:

Eu adorei a parte em que ela prescinde do concreto e parte em busca do sonho, não é para todos. Talvez só mesmo em filme...

MEL:

Sem dúvida, assim como a vida perde tantas vezes a graça. Valham-nos os filmes comadre :)

Lu@ disse...

E porque não...continuar a acreditar? Eu acreditei no Pai Natal até muitoo tarde ;)

Van disse...

LOOOL, vi o filme já há séculos, mas adorei :)

Eu também não era lá muito boa com homens...:D

Hermes disse...

LU@

Eu ainda acredito (e estou a falar a serio). Beijo.

VAN

Tu és uma perigosa!!!! lollollol

Lize disse...

Todos precisamos de uma certa magia na vida... quando não há o Pai Natal, inventa-se outra coisa. MAS, parece-me a mim, que o amor não é esse substituto. Ou se o é, não deveria de ser.


Beijocas

Cata disse...

Acreditas que também "bloqueei" nessa parte do filme????? (claro que acreditas ;-) ) E acho que tem muita razão, em certa medida.
Eu ainda acredito no Pai Natal, mas no que está dentro de nós, não no da coca-cola! capisce?