domingo, abril 26, 2009

Dove c'è l'amore?


Onde?
Na chuva que cai,
na saia rasgada?
Na pele despida?
Onde?
Na vida sombria?
Na saudade abraçada?
No rio que transborda?
Onde?
Na selva sangrenta?
na cidade da luz?
Na bonança, na tormenta?
Onde?
Na cama em que me deito?
No eco que enche o meu peito?
Ou na demora, do dia, da hora,
na canção da palavra,
conjugada
num futuro mais que perfeito?

7 comentários:

Eu Mesma! disse...

texto fabuloso!

e ao som de musica ainda fica melhor!

:)

MoonDreamer disse...

EU MESMA!:

Hummm, sugere-me uma....

Seline disse...

Tantas respostas a essa pergunta... em pequenas coisas atrever-me-ia a dizer.
Num sorriso trazido pela lembrança de bons momentos, num terno toque de mão, numa carícia, num beijo...
O segredo está em apercebermo-nos que ele lá está ;)
Beijo poeta

A Gata Christie disse...

Adorei! Está tão bonito!

Cris... disse...

O amor não está num sítio, uma vez que está em todos.
O amor viaja no nosso peito, bebe da nossa sede e se alimenta da nossa fome de sentimentos.
O amor somos nós em cada momento, mas às vezes não nos sabemos ver nele.

Beijo grande.

Yiskay disse...

:)

Vani disse...

Love of my life, you've hurt me...you've broken my heart and now you leave me...