domingo, abril 05, 2009

Pele

Roço-me na tua pele quente, nua, como se de uma camisola me tratasse. Envolvo-te e toco-te os seios que endurecem na minha passagem. Arrepiada aceitas o meu toque e deliras aos poucos com a minha respiração que te desbrava o ventre, a nuca, os braços e os dedos que beijo e faço dançar com a minha língua.
Percorro-te com as mãos, fortes, que te agarram e te largam, em movimentos contínuos e simulações de prazer.
Tua pele é morena, como uma paisagem de Verão no Alentejo, e o calor que me dás, é o sol que te doirou.
O teu sorriso faz-me avançar pois é o teu gesto de querer. Eu, não me faço rogado e deslumbro-me em ti, com palavras ao ouvido, dentadas sensuais nas orelhas escondidas pelo cabelo. Invado o teu reino, deliciosamente fecho os olhos, e todo eu estremeço.
Reclamo para mim todo o território do teu reino escondido. A gruta que escondes na nuca, um pouco acima do pescoço que enquanto amo, beijo.
Reclamo-te a ti, porque és minha. Porque sou teu. Porque juntos seremos um. Como o somos agora, neste momento em que gritamos em uníssono o prazer. Neste momento em que fixamos o olhar bem fundo um no outro e, ruborizados, sorrimos...

7 comentários:

Who Am I disse...

E olha que é bem bom ser camisola,não é? :))

beijinho

Zabour disse...

Há momentos em k temos medo de dizer e até pensar no k sentimos. Temos desejos que gostariamos de ver realizados mas o medo torna-nos mais cuidadosos... e depois, vagueando por aqui e por ali encontramos alguém que leu o nosso pensamento, ao longe...e conseguiu da forma mais clara descrever tudo o que queremos dizer e e não ter medo de sentir, com uma empatia enorme...

Beijo grande...

P.S.Gostei principalmente do "momento em que fixamos o olhar bem fundo um no outro e, ruborizados, sorrimos..."

Lize disse...

Adorei :) Daqueles posts que me fazem pensar "sinto isto, mas pôr por palavras já é outra história...".
Mas tu conseguiste-o, e muito bem :)


Beijo *

Sayuri disse...

Parabéns por mais um texto excelente!

Sininho disse...

E quem não adorava ouvir de si algo tao belo como isto?

Mais uma vez , um regresso em força, como só tu sabes fazer!

Parabéns! :) Bem vindo ;P

Cris... disse...

Tentei...mas continuo sem conseguir dizer nada...


Abraço apertado.

Yiskay disse...

que bonitas palavras...arrepiaram-me!!