quarta-feira, janeiro 14, 2009

Amor, o que é?

Um desafio a todas vós. Definam-me o que é o amor. Amizade? Companheirismo? Paixão? Borboletas no estômago? Ou algo de tão pessoal e próprio de cada um que se torna quase impossível defini-lo?
Quero ler as vossas opiniões, as vossas ideias, o vosso conceito.

Para vos inspirar, deixo uma frase de Antoine de Saint-Exupéry:

"O verdadeiro amor nunca se desgasta. Quanto mais se dá mais se tem."

17 comentários:

Ianita disse...

Precisamente...

Dar sem querer receber. Amor é dádiva. Amor é entrega. Amor é não ter a certeza. Amor é queda livre. Amor é irracional. Amor é paixão. Amor é amizade. Amor é abraço apertado no fim de um dia mau. Amor é um nariz no pescoço do outro. Amor é rir em conjunto. Amor é partilha. Amor é receber o bom e é receber o mau, é receber o todo que é o outro. Amor é deixar de ser um para serem dois. Amar é fogo. Amor é água. Amor é terra. Amor é ar. Amor é tudo.

Lita disse...

Ai, agora fiquei sem palavras... não sou capaz! Não há um amor igual a outro... não há duas formas de amor iguais!!!
Aqui só posso dizer que o amor expande, aumenta, faz crescer!!!
Que nos permite sair um pouquinho mais de nós próprios, respirar um pouco de divino. Será? :)

Sayuri disse...

Poderá o Amor ser algo tão forte que tu sentes que, de início, não o consegues explicar a quem amas, porque não estás em ti e nem te reconheces como a pessoa que eras antes?...

Francesa disse...

O amor é quando alguém é uma extensão de nós

Van disse...

Bem, falando na perspectiva de quem ama há 8 anos e meio...penso que tens razão quando dizes que é quase impossivel defini-lo na sua totalidade porque, para além de ser um conjunto de sentimentos e emoções (e não um sentimento e emoção só), varia de pessoa para pessoa, pois cada caso é um caso e cada pessoa sente à sua maneira. Logicamente que também há um padrão universal.
Primeiro que tudo, não é algo que se veja, cheire, ou oiça. É algo que se sente de dentro para fora e que condiciona os sentidos (exemplo: está cientificamente provado que quando uma pessoa se sente atraída por outra -e embora atracção e amor não sejam a mesma coisa, se bem que amor implica atracção lol- gosta dos cheiros humanos que dela emanam...).

Uma das melhores definições de amor que já encontrei, está no poema de camões "amor é fogo que arde sem se ver." POrque na verdade, o amor é mesmo contrário a si mesmo! Quando se ama, tudo se sente com maior intensidade em relação ao objecto amado, mesmo a raiva e outros sentimentos negativos.

Mas, se tivesse de definir amor numa só frase (porque isto dava para um livro), diria que o amor é uma viagem na montanha russa. :)

Zabour disse...

Hum...k pergunta dificil!
Eu acho k não é possivel definir o amor...mas acho k ele se revela através do click, dos cheiros, do arrepio k sentes qd ouves a voz do outro, o seu perfume, o seu calor...
Sei lá, é cm tentar definir o impossível, por isso é k
às vezes "o impossível acontece"

Beijinhos e um chá

Patrícia disse...

Em primeiro lugar, quero deixar os meus parabéns por este Blog. Descobri a sua existência na semana passada e acho que é muito bom.
Posto isto, sinceramente, penso que o amor sempre terá mil e uma definições. Cada amor é único, podendo a mesma pessoa já ter amado várias pessoas e todo esses amores serem completamente distintos entre si. O amor é aquilo que nos move, é aquilo que nos faz acreditar e apostar em alguém. E sim, ás vezes, também nos dá as célebres borboletas no estômago!!!
Mas a minha convicção é que o amor é um sentimento único, mas com infinitas definições e possibilidades...

Isabel disse...

Para além daquela terriola lá para os lados de Leiria (eu tinha que dizer isto…;p ), amor é um pouco de tudo o que aqui já foi dito, um somatório de pequenos gestos e um misto de entrega, partilha, paixão, amizade, companheirismo,.. e algo de essencial à existência humana.

http://www.youtube.com/watch?v=jmQ88PWzvR0
“Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o bronze que soa ou como o címbalo que retine.
Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça todos os mistérios e toda a ciência; ainda que eu tenha tamanha fé, a ponto de transportar montes, se não tiver amor, nada serei.
E ainda que eu distribua todos os meus bens entre os pobres e ainda que entregue o meu próprio corpo para ser queimado, se não tiver amor, nada disso me aproveitará.
O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal; não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. (…)
Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor.”

Quanto ao amor romântico, há quem diga ser a substância mais viciante no mundo… Que achas?

Tenho dito. E nem te atrevas a roubar a minha música… :p

Sayuri disse...

Já agora :)

http://www.youtube.com/watch?v=z9OGfBGOCpk&feature=related

Siuxi disse...

O amor... Existem tantas formas de se amar, de se sentir, de se deixar amar...
Quando alguém nos rouba as palavras, as certezas, as sensações.
Quando um mundo só, passa a ser inconcebível,
Quando nos tornamos no reflexo de alguém e vemos nesse alguém o reflexo perfeito de nós mesmos.
Sei lá...
Mas o essencial é o que fica, o que permanece. A aceitação, o infinito carinho, a amizade, o companheirismo, a vontade de partilhar e a capacidade de o fazer, e um eterno respeito, pelo outro e por nós próprios.
Mas havia tanto a dizer...

"Amo-te, não só por seres quem és, mas por quem sou quando estou contigo." Gabriel Garcia Marquez

Desejo de muitos momentos de felicidade inexplicável para todas(os) :)

Lize disse...

Bem, ainda hoje estive a falar disso com o meu mais que tudo e disse que o amor não tem definição. É impossível de definir na totalidade. Porque é tanto e tão inexplicável. É tudo o que já li por aqui acima nestes comentários e muito mais... mas sem dúvida, assenta na paixão, na amizade, no respeito mútuo, no entendimento mútuo, na compreensão. Mas em muito mais. Acho que isto é daquelas coisas que poderia passar o resto da noite a escrever algo sobre o assunto, e ainda me ia faltar algo.
E para mim, o amor não precisa de definição. O amor sente-se, vive-se, partilha-se, guarda-se, estima-se e aproveita-se. Aquelas pessoas que perguntam "como é que sei se estou apaixonada?", "como é que sei se o amo?"... Eu acho que isto não se pergunta. É algo que se sente. Quando se pergunta, é porque falta algo... é porque não se está realmente apaixonada(o).

E amei esta frase que a Siuxi escreveu...

"Amo-te, não só por seres quem és, mas por quem sou quando estou contigo." Gabriel Garcia Marquez

Beijocas :)

Estrela Cadente disse...

Antes de mais, obrigada por te tornares num seguidor :D
Quanto ao teu desafio...bem complicado...
Eu neste momento ando a atravessar uma crise de amor...sabe bem senti-lo por vezes, mas rebenta-me com o coração...
Acho que a vida não faz sentido se não houver amor...e amor há muitos...amor por a nossa alma gémea, por a melhor amiga, amor de pais, amor de filhos...é o amor que faz girar o mundo...
Beijoca.

Afrodite disse...

Bem, espero não abandalhar o tema porque já sei que este meu estilo é capaz de não ser apreciado por muitas /muitos mas paciência, como já sabes não escrevo para agradar ninguém se não a mim mesma e até agora tenho-me saído bem! :)
Portanto e após demorada introdução vamos lá ao tema escolhido:

Amor é...tanta coisa e nada ao mesmo tempo! :)
Amor é...olharmos para os nossos filhotes e pensarmos, porra ainda bem que existimos!
Amor é...olhar para outro como igual.
Amor é...esperar que o telem toque numa ansia desesperada em que o coração palpita que nem uma batata frita dentro de uma marmita (ahahahah tinha que estragar a beleza da coisa).
Amor é...querermos mais e melhor para o outro do que para nós próprios.
Amor é...darmos sem esperarmos nada em troca.
Amor é...estar lá quando precisam.
Amor é...dedicação, amizade, respeito, honestidade, lealdade, paixão, tesão, borboletas ou traças (como preferires eheheh)...
Amor é...uma união de tal forma, que onde começa um e acaba outro deixa de ser bem visível.
Amor é...quando a dança frenética da junção de dois corpos é tão perfeita que a sensação de não se passar uma eternidade assim, é dolorosa de mais.
Amor é...um mix de tudo, é sentirmo-nos vivos, entendermos que até então sobreviviamos ao invés de vivermos!

Hmmm...paro por aqui mas podia continuar a descrever o que é o amor para mim o dia todo :)!

Abreijinhos e desculpa lá ter sido tão extensa :)!

Isabel disse...

E a explicação científica... ;o)

http://www.youtube.com/watch?v=OYfoGTIG7pY

najla disse...

Amor, Amizade, Companheirismo, Paixão....tudo tanto se pode completar como existir em separado. São sentimentos distintos.
Há partilha, entrega, cumplicidade, segredos, desejo, preocupação, medos e receios, dádiva, procura, sede e fome, ombro e colo, calor, sossego ou inquietude, paz, passado/presente/futuro, familia, estimulo, alegria e felicidade, animo...tantos sentimentos que podem estar contidos em todos os conceitos, façam eles parte ou não de nós.
Ou seja, no amor poderá não haver paixão ou no companheirismo não haver amor. Ou poderá existirem todos os sentimentos como um só!

Sininho disse...

Amor é..
O que te faz palpitar o coração quando o telefone toca..
o que te faz sentir o chão a fugir dos pés quando vês a pessoa que amas..
o que te faz sentir borboletas no estomago e te deixa sem conseguir proferir uma frase sem nexo..
o que te faz sentir que o relogio é o teu pior inimigo, por fazer minutos parecerem horas, ou horas que parecem minutos..
o que faz as tuas maos ficarem trémulas e frias ou as pernas "bambas" durante a espera de alguém..
querer dar sem receber algo em troca..
amor é o que te faz saber o que o outro diz, ou precisa sem que ele fale uma unica palavra..
o que te faz ter as atitudes mais loucas como dancar descalco à chuva numa noite fria..
o que te faz esquecer os teus desejos para fazeres outra pessoa feliz..

Amor é algo inexplicavel e maravilhoso que vem sobre ti de forma arrebatadora e que faz com que percas a nocao de tempo e espaço quando estas perante a pessoa amada..
O verdadeiro amor nao e egoista, não se ensoberbesse.. é puro como uma crianca de colo..
..e muito mais..

aqui deixo tb 1 musica que para mim descreve bastante bem o amor e o que é o amar..

http://www.youtube.com/watch?v=qlzYo4E-ZpU

beijocas p tds

izzie disse...

Já aqui tens de tudo... desde dissertações a explicações ciêntificas...
Eu... não sei dizer o que é o amor... dependendo chamo-lhe surpresa, vício, entrega incondicional, sorriso...
Mas talvez não seja a pessoa certa para o dizer ou encontrar...
***