sábado, janeiro 24, 2009

Back

Depois de três dias numa convenção no norte do país, chegar a casa e ver a minha filha a dormir, enfiada na minha cama (a avó não a conseguiu demover) porque queria esperar por mim...

há momentos que valem tudo na vida...

É em momentos assim que sinto que a minha vida faz sentido.

Bejitos e abraçitos

(estou de volta e em força, amanhã, novo capítulo no SemTi(r))

8 comentários:

Fenix disse...

Lindo!
Obrigada por partilhares...

Sei bem o que é a adoração por um(a) filho(a).
Também tenho uma filha e adoro-a desde que a soube dentro de mim!
Ainda estava grávida e já abraçava a barriga, porque desejava imenso abraçá-la.
E agora fizéste-me lembrar que o melhor presente que recebi, no meu aniversário seguinte ao nascimento dela, foi ela ter dito "mamã" pela primeira vez. Tinha 6 meses e meio e como eu estava constantemente a atender telefonemas de parabéns e nesses períodos lhe dava menos atenção, ela chamou-me com uma expressão entre o triste e o exigente: MAMÃ!!!

Parabéns pela tua filha!

Bom fim de semana

Zabour disse...

Os verdadeiros amores são assim, esperam sempre por nós na esperança de nos encontrar a qualquer momento...

Espero que tenhas gostado de estar pelas lindas terras nortenhas,rsrsrs...são lindas não são???? ;O)

Beijokas

Lita disse...

Bem-vindo,Poeta!
Sentiu-se a tua falta!!!!

Miepeee disse...

Ja estava a ficar preocupada com esta ausencia.
Bem vindo :)
Beijo.

Sayuri disse...

Um xi coração à filhota :D

Ianita disse...

Há coisas que valem uma vida...um amor assim vale muitas vidas :)

Beijito e abracito!

Lize disse...

O pai é um fofo, a filha tinha de ser também ora pois! :P :)
É principalmente sinal de que és um óptimo pai :)

Beijocas :)

P.s: Tens uma música linda a tocar... the ground beneath her feet, dos U2 *.* Ao tempo que eu não ouvia isto... Vou tratar de a ouvir mais vezes :D

SRRAJ disse...

Welcome back ;-)