domingo, janeiro 18, 2009

Carta a um amor recente

Quis o destino que tivesses no corpo um mapa das estrelas todas do céu e que eu fosse o astrónomo a estudá-las.
Sigo por essas estrelas como um navegador quinhentista a rota que me leva ao novo mundo, a um novo mundo que quero descobrir contigo.
Quando o sol nasceu, longe no horizonte, pela manhã, tudo parecia normal. A excitação era muita, a ansiedade bastante, e a felicidade enorme. As horas correram e afinal, sem que eu me apercebesse, o universo conspirava a nosso favor. Nada mais será como dantes depois do dia de ontem. Eu não mais serei o mesmo!
Ontem foi o dia em que senti na pele que os sonhos, aqueles que esperamos toda a vida, se realizam. Ontem foi o meu dia, foi o nosso dia. O dia do reencontro de duas almas há muito conhecidas, há muito apaixonadas.
Quando o sol se pôs e a Lua nasceu, eu continuava lá, e tu cada vez mais em mim. A noite terminou, e no último beijo, o da despedida, percebi que não mais na vida estarei sozinho.
Os sentimentos não se agradecem, mas eu agradeço ao universo ter-nos juntado.

Cada vez mais... para sempre.

Adoro-te

14 comentários:

Lita disse...

Muito bonito.
Sortuda, a musa que te inspirou a tão belas palavras... :)

Sayuri disse...

Poeta do céu estrelado, olha que as "estrelas todas do céu", são muitas estrelas!! Mas pareces merecê-las...
Serás o mesmo, mas melhor! :D

Ianita disse...

Omni animo, in perpetuum...

Beijo grande e tudo de bom!

poeta_poente disse...

Lita:

Sortudo sou eu por a ter encontrado. :D

Sayuri:

Estou a conhecer estrelas novas nesse céu. Muitas vou reclamar para mim, pois serei o primeiro a descobri-las, a torná-las visíveis.

Duas almas assim, serão sempre a cada dia que passe um bocadinho melhores :D

Fenix disse...

Parabéns!
Por reconheceres e saberes valorizar a descoberta.
Muita, muita sorte e boa viagem, de circum-navegação...
:-))

Lita disse...

Desafio, no meu blog

poeta_poente disse...

Ianita:

Uai, já me lixaste com essa. Em aramaico please... :P

Fenix:

Obrigado :))) Love is a rollercoster não é?

Van disse...

Uma canção que pode valer várias palavras:

http://www.youtube.com/watch?v=8_NC2F-xiaE

poeta_poente disse...

Van:

Por acaso... mas com uma pequena alteração, eu já estou!! Completamente :D

Lize disse...

"O dia do reencontro de duas almas há muito conhecidas, há muito apaixonadas."

:) Esta tua história inspira-me a acreditar que comigo vai acontecer o mesmo... Tenho de esperar para ver :)


Beijocas

poeta_poente disse...

Lize:

Esta história inspira-me a mim a VIVER :D

SRRAJ disse...

:-)

Sininho disse...

Acho que a unica coisa que se pode dizer é muitas felicidades, pois ambos merecem.

Uma grande beijoca :D

poeta_poente disse...

SRRAJ:

:D

Sininho:

Felicidade já sentimos tanta ;)